Internacional

Testemunha afirma que milhares de votos foram contabilizados mais de uma vez em Detroit

• Bookmarks: 15


Prestadora de serviço da Dominion Voting Systems confirma que viu ações fraudulentas na maior cidade do estado de Michigan e que sua vida foi destruída por revelar isso.

Nesta quarta-feira (02), Melissa Carone, autônoma de TI que prestou serviço para a Dominion na contagem de votos em Detroit, testemunhou que pelo menos 30.000 cédulas foram contadas inúmeras vezes. O depoimento foi dado ao Comitê de Supervisão da Câmara de Michigan.

Respondendo a uma pergunta de Rudy Giuliani, advogado pessoal do presidente Donald Trump, que solicitou que ela relatasse o que observou enquanto trabalhava na contagem dos votos, Melissa Carone disse: “Observei vários funcionários, trabalhadores da cidade, executando lotes de cédulas através dos tabuladores inúmeras vezes, sem descartá-los primeiro”.

Contou ainda que ao invés de descartar cédulas já escaneadas, estavam escaneando novamente as mesmas cédulas de 9 a 10 vezes. A prática foi observada por ela milhares de vezes enquanto estava no local.

“Minha vida foi destruída por causa disso. Perdi a família, perdi amigos, fui ameaçada, meus filhos foram ameaçados, tive que me mudar, tive que mudar meu número de telefone, tive que me livrar das mídias sociais — ninguém quer se expor. Não consigo mais um emprego de verdade, porque os democratas gostam de arruinar vidas. É por isso.”, foi a resposta dada por Melissa quando questionada sobre o motivo pelo qual outras pessoas não se manifestam sobre as ações fraudulentas na apuração de votos em Detroit.

15 recomendado
bookmark icon