Política

Pela primeira vez no século, PT não elege prefeito em nenhuma capital do Brasil.

• Bookmarks: 8


O segundo turno das eleições 2020 se encerrou com gosto amargo para o Partido dos Trabalhadores. O PT não comandará nenhuma capital brasileira pela primeira vez no século XXI.

O Partido dos Trabalhadores foi o que mais levou candidatos à segunda rodada da disputa eleitoral, tendo nomes em 15 das 57 cidades onde houve segundo turno. Ainda assim, o partido terminou as eleições de 2020 sem poder administrar nenhuma capital.                                

Ao fim da apuração, os petistas saíram vitoriosos apenas em 4 cidades: Contagem (MG), Diadema (SP), Juiz de Fora (MG) e Mauá (SP). Em 2020, a legenda do ex-Presidente Luiz Ignácio Lula da Silva (2003-2010) diminuiu em número de cidades governadas pela segunda vez seguida. De 630 prefeitos eleitos em 2012, a sigla da estrela vermelha caiu para 256 em 2016 e para 183 este ano.

Apesar disso, o secretário geral do PT, Deputado Federal Paulo Teixeira, avaliou que o partido “melhorou um pouco” o desempenho no que se refere à 2016. No entanto, Paulo Teixeira admitiu: “gostaríamos de ter ido mais longe”. Em sua avaliação, a mídia contribuiu para o mau desempenho da sigla ao “esconder” os feitos dos governos petistas.

“E a eleição indica também que a gente precisa de uma política de frente (com partidos aliados). Ganhamos (enquanto esquerda) em qual capital? Em Belém (do Pará, com Edmilson Rodrigues do PSOL), numa política de frente ampla. Participamos de segundos turnos importantes, em Fortaleza (Ceará, onde venceu Sarto do PDT), em Sergipe (em Aracaju, venceu Edvaldo, do PDT)” disse ele.

“Na minha opinião, esses resultados mostram a necessidade de construir uma frente de esquerda no Brasil”, disse Teixeira à BBC News Brasil pouco depois das 19h deste domingo (29).

Dessa forma, para o cientista político Claudio Couto, o resultado negativo do PT nestas eleições foi fruto de um “erro de avaliação” por parte da legenda.

“Sempre que alguém apontava para o PT a necessidade de uma autocrítica, esse alguém era rechaçado. Quem precisa fazer autocritica são os tucanos, é a imprensa, diziam os petistas. Sem perceber que a autocritica é justamente sinalizar para a sociedade que você consegue corrigir os seus erros e melhorar” diz ele a BBC News Brasil.

“Acho que o PT foi incapaz de dar esse recado, de que conseguiria melhorar. E recebeu a resposta nas urnas. Sofreu um tombo monumental em 2016, e outro agora. Que só foi menor porque o partido tinha menos a perder. Mas, se você considerar as duas eleições em sequência, foi grande a derrota”, expôs Couto, que é Coordenador do Mestrado Profissional em Gestão e Políticas Públicas, da FGV.                    

8 recomendado
bookmark icon