Cultura

Olavo de Carvalho solta o verbo em Joel na Jovem Pan: “Por você eu não tenho respeito, tenho desprezo”

• Bookmarks: 2


Ao ser questionado sobre qual seria sua responsabilidade em supostas “fake news” de olavistas e bolsonaristas, Olavo afirmou que as ofensas sofridas por ele ao longo de décadas são infinitamente maiores.

O filósofo e escritor Olavo de Carvalho concedeu entrevista ao programa Morning Show, da rádio Jovem Pan, na manhã desta última quinta-feira (15 de outubro). Durante o bate-papo, ele falou sobre sua obra literária e expressou opiniões acerca de temas como governo Bolsonaro e comunismo.

Um determinado trecho da sabatina, porém, repercutiu entre os assuntos mais comentados nas redes sociais: a discussão com o economista e comentarista Joel Pinheiro da Fonseca.

Ao ser questionado sobre qual seria sua responsabilidade em supostas fake news de ‘olavistas’ e ‘bolsonaristas’, Olavo afirmou que as ofensas sofridas por ele ao longo de décadas são infinitamente maiores.

“Eu estou sendo atacado há quase 30 anos. A coleção dos ataques feitos à minha pessoa ultrapassa pelo menos 30 mil matérias. Nunca houve um ataque tão vasto a um indivíduo isolado que não pertence a partido nenhum, que não tem dinheiro, sou apenas um escritor que tem leitores. Eu fui o primeiro objeto de difamação e fake news nesse país”, disse.

Posteriormente, Joel rebateu a declaração do filósofo: “As difamações contra Jean Wyllys são muito piores do que qualquer uma contra você, Olavo. Ele foi acusado de participar de assassinato e pedofilia”, declarou.

“Cala a boca, rapaz. Você não sabe o que está falando. Cala a boca”, disparou Olavo em sua tréplica.

O bate-boca acalorado precisou ser apaziguado pelo apresentador Paulo Mathias.

Depois, com os ânimos já controlados, Olavo se dirigiu a Joel com um pensamento atribuído a Friedrich Nietzsche, filósofo e escritor alemão de grande influência no Ocidente.

“Não abuse da palavra ‘respeito’. Quando ouço essa palavra eu me lembro do Friedrich Nietzsche: quem não sabe desprezar não sabe respeitar. Se você tem que respeitar todo mundo igual, você precisa respeitar o Lula igualzinho à Madre Teresa de Calcultá. Aí não dá. É como pegar o rapaz que guardou dinheiro no cu e respeitá-lo como quem trabalha honestamente. Então, é o seguinte, por você eu não tenho respeito nenhum, eu tenho desprezo mesmo. Já expressei isso e repito”, afirmou o professor Olavo de Carvalho, para o ódio dos esquerdistas e revolucionários de plantão no momento.

2 recomendado
bookmark icon

Write a comment...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *