Justiça

Aécio Neves, José Serra, Renan Calheiros, Romero Jucá e Antônio Palocci: a “nova” turma de delatados.

• Bookmarks: 6

Na última quinta-feira (26) a Procuradoria Geral da República fechou com o ex-presidente da Qualicorp, José Seripieri Filho, um acordo de delação premiada. Na delação são citados vários políticos, incluindo Aécio Neves, José Serra, Romero Jucá, Renan Calheiros e Antonio Palocci. O acordo ainda precisa ser validado pelo STF.

Seripieri Filho foi preso em junho na operação Lava-Jato Eleitoral. O réu está sob suspeita de fazer parte de um esquema de caixa dois. Após três noites na cadeia, procurou as autoridades para fechar um acordo de delação premiada. O empresário afirmou ter realizado pagamento ilícito a diversos políticos e pagará uma multa de R$ 200 milhões de reais.

Por ter citado o nome de pessoas com foro privilegiado, a validação da delação caberá ao ministro do STF Edson Fachin. Além de políticos e empresários, ex-parlamentares também foram citados como é o caso de Romero Jucá que já não tem foro privilegiado.

Existe muita expectativa acerca dessa delação, tendo em vista que ela pode abrir uma nova frente na operação Laja-Jato, investigando casos de corrupção envolvendo planos de saúde e políticos do alto escalão do PSDB e MDB.

Lembre-se que, somente após a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça foi que a operação Lava-Jato conseguiu chegar ao PSDB. Há anos que jornalistas, comentaristas políticos e políticos afirmam que o então juiz protegia o partido.

6 recomendado