Colunistas

Fa­biano Chaves: A hipocrisia da realidade paralela vivida por astros milionários de Hollywood

• Bookmarks: 9


Durante o Oscar de 1973, ao anunciar a estatueta de melhor ator para Marlon Brando, o socialista dono de uma ilha no Taiti fez subir ao palco uma Índia que, em nome do astro, denunciava os maus-tratos a seu povo. Só que de Índia a mulher não tinha nada; descobriu-se alguns dias depois.

Essa é a receita que, juntando uma boa dose de egocentrismo, outra de aduladores profissionais e aproveitadores de plantão, agentes endinheirados e fãs desmiolados, cria-se uma bolha que se descola da realidade. Esse é o retrato da Hollywood atual evidenciado na série da HBO Entourage. 

E a última desse pessoal do “bem”, especialistas em política, após apoiarem movimentos terroristas que promovem badernas e proibirem-nos de protestar perto de suas mansões, é ameaçar saírem do país, caso seu político favorito não vença as eleições.

As atrizes Jane Fonda, Jennifer Lawrence, Meryl Streep, o ator Robert De Niro e até o cantor Bruce Springsteen são os maiores representantes dessa seita política nômade e infantil.

Enquanto Jane assumiu publicamente, num vídeo lamentável, ridículo e blasfemo, sua torcida para o vírus comuna-chinês chamando-o de “presente de Deus à esquerda”, Springsteen disse que, caso seu candidato perca, ele pegará a bola do jogo e partirá para a Austrália de 1ª classe.

De todas essas bobagens da elite burguesa milionária branca hollywoodiana, só é lamentável que, na hora de escolherem o destino ideal para viver seus psicodélicos exílios, não vão a países onde sua ideologia impera, que o diga Wagner Moura.

9 recomendado
bookmark icon